Metaverso: O que vai acontecer?

O Metaverso já é uma realidade, isto é indiscutível, mas nunca foi tão real como agora. Mark Zuckerberg tem a ambição de transformar o que já era usado em alguns jogos, em um úniverso totalmente novo, com novas leis, novas culturas e costumes. Descubra neste artigo o que é o Metaverso de Zuckerberg e o que vai acontecer.

Sumário

O metaverso vai acontecer, e isso tem chamado cada vez mais atenção por seu potencial ilimitado.

Para usar isso ao favor da sua empresa, antes você precisa entender o que é o Metaverso.

O Metaverso é um termo da literatura de ficção cientitica que surgiu no começo dos anos 90.

Naquela época seu significado era “um universo que ignora as leis da física”.

Coisa que não está distante dos planos de Zuckerberg, já que ele quer montar um universo online, que vai revolucionar a internet.

O universo baseado em realidade aumentada terá a participação de inúmeras corporações, de diferentes setores.

A Bloomberg Intelligence calcula que a oportunidade de mercado do Metaverso pode atingir U$800 bilhões até 2024…

Mas que tipo de mudanças isso vai gerar?

Bom… quando se constrói um universo do zero, com novas leis, novas culturas e nova sociedade… muita coisa pode acontecer.

Veja nos próximos itens o que é o Metaverso e o que vai acontecer.

O que é o Metaverso?

A ideia não é nova.

A primeira vez que esse termo surgiu foi em 1992, quando o livro Snow Cash, do autor Neal Stephenson, foi publicado.

A história gira em torno de um personagem que foge para um universo paralelo, totalmente diferente da realidade.

Neste livro, eles poderiam fugir da vida cotidiana para um Metaverso.

O tema se repetiu em outras mídias, como, por exemplo, fenomeno cinematográfico Matrix e Jogador Nº1, de Spielberg.

O que vai acontecer no Metaverso tem como base:

  • Um ecossistema único.
  • Um universo compartilhado com pessoas que encarnam identidades virtuais.
  • Um povo que replica as experiências de socialização da vida real.

Como funciona o Metaverso?

Se você é das novas gerações e jogou The Sims, GTA, ou qualquer outro game de simulação da vida real, já sabe o que acontece no Metaverso, mas com certos limites.

A ideia principal é participar ativamente do mundo virtual, mas de uma forma mais “presente”, se é que pode-se dizer assim…

Isto inclui trabalho remunerado de verdade, namoro virtual, compras, e etc.

Para acessar o Metaverso e ver o que vai acontecer serão necessárias duas coisas, por enquanto:

  • Um Avatar
  • Um óculos de realidade virtual.

Os detalhes de acesso dependerão de qual parte do Metaverso está sendo acessado.

O que vai acontecer no Metaverso, torna possível quebrar todas as limitações da vida real

Inclusive a interação entre pessoas, mesmo que a longas distancias, possibilitando uma série de atividades como:

  • Visitar museus e eventos de diferentes partes do mundo
  • Imersão em realidade virtual para a prática de esportes
  • Experimentar e comprar roupas em lojas de qualquer parte do mundo.

Entretenimento no Metaverso

O que mais vai acontecer no Metaverso é diversão.

As possibilidades de entretenimento são inúmeras!

Exemplos que já aconteceram no jogo Fortnite (que inclusive, também pretende criar seu próprio Metaverso), são:

  • Um show da cantora Ariana Grande
  • Um show do cantor Justin Bieber

Outra coisa que vai acontecer no Metaverso é a produção de conteúdo.

As produtoras de conteúdo enxergam um um alto potencial no novo formato de interação fornecido pela plataforma.

Grandes estúdios como a Disney e conteúdos de streaming como a Netflix já estão fazendo experiências com imersão 3D.

Trabalho no Metaverso

Com a pandemia, o trabalho remoto se tornou a opção mais viável, tanto para empresas, quanto para colaboradores.

Essa nova modalidade também é uma das coisas que vai acontecer no Metaverso.

Algumas empresas já trabalham com a existência de salas de reunião virtual, mas nenhuma com realidade virtual.

Substituindo a videoconferência por hologramas, por exemplo, proporcionaria uma experiência muito mais interativa para líderes e colaboradores.

A própria Microsoft entrou no jogo e está criando seu próprio Metaverso organizacional.

A empresa pretende evoluir o Microsoft Teams, para torná-lo em um centro de interação para reuniões online, com realidade virtual.

Isso possibilitará as empresas uma maior interação durante as reuniões, por mais que os membros estejam em compromissos distantes.

Isso mesmo que você leu! A Meta (antiga Facebook), não é a única empresa criando seu próprio Metaverso.

Outras empresas como Nike, Samsumg e Epic Games também estão criando seu próprio universo de realidade virtual.

A grande questão é: como pequenas e médias empresas poderão fazer parte deste novo mundo?

Por incrível que pareça, a resposta não é tão complexa assim…

Da mesma forma que pequenas e médias empresas participam do Facebook, Whatsapp e Instagram, também poderão participar do Metaverso.

Vender a experiência online será a grande alternativa para as empresas, e não importa qual o setor em que atue. Tudo é adaptável.

Os mesmos anúncios online que alavancaram empresas durante anos também funcionarão no Metaverso, mas de uma forma muito mais imersiva.

Neste novo mundo virtual, sua empresa poderá ser anunciada em outdoors, carros, onibus, jogos, ou até mesmo na fachada de grandes empresas.

Com o mesmo conceito dos anúncios online, sua empresa será entregue para todas as pessoas que tenham interesse no seu negócio.

O Parceiro Digital até recomenda um filme para entender melhor esse novo terreno: “Jogador Nº1”.

Imóveis virtuais no Metaverso

Assim como na vida real, locais no Metaverso são ativos de alto valor monetário.

Nestes locais, os proprietários poderão criar experiências imersivas.

Plataformas construídas em realidade virtual tendem a se tornar plataformas de interação social, isto já não é novidade.

Terrenos virtuais ainda estimulam a integração e possibilitam a realização de eventos virtuais em tempo real.

Todos os eventos virtuais são passíveis de monetização, e esse é um dos principais motivos para a alta valorização desses ativos.

Games no Metaverso

A parte mais clara de como o Metaverso funciona hoje em dia é no mundo dos games.

Enquanto empresas de outros setores ainda desenvolvem ideias, os games oferecem, cada vez mais, um ecossistema completo para os jogadores.

Os jogos de maiores destaques são estruturados em torno de comunidades ativas e engajadas.

Até possuem seus próprios marketplace e tokens nativos, que possibilitam a geração de renda de acordo com as recompensas obtidas dentro dos jogos.

Metaverso agora

Hoje, o Metaverso ainda se desenha de maneiras já conhecidas, tais como, realidade aumentada, MMORPG e mundos 2d em alta resolução ou pixelizados.

Em sua maioria, estes ambientes são acessados por telas em dispositivos como desktops, laptops, consoles, telefones e tablets.

Mesmo que alguns jogos e ambientes virtuais já tenham uma estética, ou um gráfico impressionante…

Em comparação ao conceito original, navegar no Metaverso em uma tela, é bem diferente da experiência de imersão proposta.

Antes de atingir uma imersão tão vivida, é necessário um grande avanço em termos de hardwares e softwares.

Melhorias na infraestrutura e no poder computacional são necessárias para a construção de um mundo virtual consistente e ultra-realista.

DOMINE SEU MERCADO NAS REDES SOCIAIS!

Clique no botão abaixo e agende agora mesmo a sua consultoria gratuita. 

Descubra como você pode alavancar as suas vendas nas redes sociais através do poder dos anúncios online!

Somente assim pode ser criado uma experiência próxima da proposta pelo conceito tratado por Zuckerberg…

No entanto, o desenvolvimento do Metaverso não depende somente dos avanços tecnológicos.

O sucesso do mundo virtual depende de uma construção que, além de funcional, seja cativante para o grande público e não somente para entusiastas de tecnologias emergentes.

Ao tratar de um mundo totalmente novo, quanto mais pessoas participarem da sua construção, maiores são as chances do Metaverso ser realmente imersivo e inclusivo.

Se compararmos os dias de hoje, a 20 anos atrás, perceberemos que muitas mudanças aconteceram por conta da internet.

Estar na internet e realizar inúmeras funções através de dispositivos, foi um processo de adoção demorado, sem contar as mudanças provocadas.

O que vai acontecer no Metaverso, caso haja adoção do grande público deve ser levado em conta.

O Metaverso: O que vai acontecer?

A grande promessa é finalmente conceder liberdade para os usuários.

Isso abre, talvez, para uma solução temporária de várias lutas sociais, travadas dia após dia.

O que vai acontecer no Metaverso é a possibilidade de que cada um molde sua identidade como bem entender.

Em última instância, a criação do Metaverso pode significar a libertação social e biológica que delimitam a experiência humana.

Podemos dizer que tudo isso, talvez não passe de uma visão romantizada, sonhadora e bem otimista.

Alguns defendem que a realidade virtual vai romper com a ideia de mente-corpo, já que não respeita as leis da física…

Alguns defendem que o avanço do Metaverso é o caminho para o futuro distópico que já foi tema de inúmeras séries e filmes…

Seja como for, o Metaverso é um projeto coletivo:

  • Visões divergem
  • Medos surgem
  • Empolgações aparecem

Isto acontece… é normal…

O ponto é: Goste você ou não, o que vai acontecer no Metaverso já está em desenvolvimento.

A tendência é que se torne a próxima etapa evolutiva da internet e, mesmo com tantas especulações, como será feita a transição é algo que teremos de descobrir.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp